QUALIDADE – Internacional

04/04/2019

Norma para reutilização de água

Até 2030, a escassez de água terá desalojado entre 24 e 700 milhões de pessoas, segundo a Organização das Nações Unidas para a Água, órgão coordenador das Nações Unidas sobre questões hídricas.  Embora a água cubra 70% da superfície da Terra, apenas uma fração dela é água doce. A água potável disponível é distribuída de forma desigual em todo o mundo, poluída ou disputada, o que significa que bilhões de pessoas não têm acesso a água limpa todos os dias. A situação atual também significa que 4,5 bilhões de pessoas ainda carecem de serviços de saneamento com segurança gerenciada, particularmente nas áreas rurais. A ISO desenvolveu mais de 1.400 normas relacionadas à água, cada uma representando a melhor prática em uma série de setores como a qualidade da água, abastecimento de água, sistemas de águas residuais e pluviais e infraestrutura. Em particular, um novo padrão de reutilização de água poderia causar um impacto significativo na escassez de água. O uso da água tem crescido globalmente a mais que o dobro da taxa de aumento da população no último século. A escassez de água em partes áridas do globo tem exercido forte pressão sobre as áreas urbanas, onde cerca de 55% da população mundial reside (ONU). O comitê técnico ISO / TC 282 da ISO sobre reutilização de água, através de seu subcomitê SC 2, Reuso de água em áreas urbanas, está trabalhando duro para enfrentar a crise de escassez de água nas cidades. Sua nova Norma Internacional ISO 20760-1 oferece diretrizes sobre como utilizar a água recuperada para satisfazer as demandas de água e aliviar a pressão pesada nas áreas urbanas.

https://www.iso.org/news/ref2377.html

voltar