QUALIDADE – Internacional

10/08/2018

Novos padrões para testar fórmulas infantis

Entre os produtos alimentares mais regulamentados e testados no mundo, fórmulas infantis e fórmulas para fins medicinais especiais, vêm com rotulagem nutricional rigorosamente verificada para garantir que eles são o que eles dizem que são.

A rotulagem de alimentos raramente é mais importante do que para consumidores vulneráveis – como bebês. Não é de admirar, portanto, que os fabricantes de fórmulas infantis precisem aderir a regulamentações nacionais abrangentes e padrões internacionais, como o Codex Alimentarius, para garantir que a composição nutricional marcada do produto seja precisa.

O Codex Alimentarius, ou Código Alimentar como é conhecido, é o Programa Conjunto de Padrões Alimentares estabelecido pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) e pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que desenvolve normas alimentares internacionais harmonizadas que protegem os consumidores.

A ISO 20635 – Fórmula infantil e nutricionais para adultos – Determinação de vitamina C por cromatografia líquida (ultra) de alta performance com detecção ultravioleta ((U) HPLC-UV) e a ISO 20636 – Fórmula infantil e nutricional adulto – Determinação de vitamina D por cromatografia líquida espectrometria de massa, são padrões de método de teste em apoio ao padrão internacional Codex para fórmulas infantis e fórmulas para fins medicinais específicos destinados a lactentes.

Esses padrões fornecem uma maneira eficaz de demonstrar a conformidade com regulamentos nacionais e internacionais, pois representam um método de teste globalmente harmonizado, em linha com outras organizações de desenvolvimento de normas do setor, como a AOAC INTERNATIONAL e a International Dairy Federation (IDF).

www.iso.org/news/ref2308.html

voltar