QUALIDADE – Internacional

02/07/2015

Novo padrão eleva o nível de certificação do sistema de gestão

Um sistema de gestão eficaz é um ingrediente essencial do negócio, e tê-lo certificado por um padrão reconhecido pode trazer uma série de benefícios. Agora, o processo de certificação esta ainda melhor com uma nova norma para os auditores e os organismos de certificação.

A ISO/IEC 17021-1:2015, Conformity assessment – Requirements for bodies providing audit and certification of management systems, Part 1: Requirements, refere-se à competência dos organismos de certificação e seus auditores. Aplica-se à auditoria e certificação de todos os tipos de sistemas de gestão. O recém-publicado ISO/IEC 17021-1: 2015 substitui a segunda edição da ISO/IEC 17021: 2011.

Fornecendo ferramentas eficazes

As auditorias e certificações de normas de sistemas de gestão (MSS) são um trunfo importante para o comércio internacional e essenciais para a saúde a longo prazo da economia mundial. A comprovação da conformidade para e os certificados, são amplamente utilizados em mercados globais para estabelecer a confiança entre os parceiros de negócio e entre organizações e seus clientes, para se qualificar fornecedores em cadeias de abastecimento, e como requisito para apresentação de propostas para contratos públicos.

Os organismos de certificação que usam a nova ISO/IEC 17021-1 serão capazes de garantir equipes de auditoria competentes, com recursos adequados, na sequência de um processo consistente e relatar os resultados da auditoria de uma forma consistente. Ela também irá ajudar a criar confiança entre os reguladores, consumidores, fornecedores e outras partes interessadas de que os certificados concedidos por um organismo de certificação são efetivamente consistentes.

Em termos concretos, a ISO/IEC 17021-1: 2015 foi atualizada para se concentrar mais na forma como os serviços de certificação são entregues por um organismo de certificação, e, como tal, as melhorias são destinados a:

  • Reforçar a eficácia do controle operacional e de organização por organismos de certificação de escritórios remotos, independentemente da sua estrutura organizacional;
  • Aprimorar uma abordagem adicional de gerenciamento de riscos;
  • Definir tempo de auditoria e duração da auditoria, e, em seguida, concentrar-se nos requisitos para a justificação da duração da auditoria, que é o tempo desde a abertura até a reunião de encerramento.

voltar