QUALIDADE – Notícias

19/09/2018

Quanto vale o colaborador com foco no cliente?

Por: Edemilson Koji Motoda

Atualmente o grande desafio dos nossos gestores vai muito além da formação técnica dos colaboradores, ele consiste também em conscientizá-los da sua importância no processo como um todo e isso demanda muito trabalho. Um trabalho árduo mas que nos dá excelentes frutos.

Quando conseguimos atingir os objetivos na formação dos nossos colaboradores, a consequência disso são resultados melhores, colaboradores motivados e superação de expectativas dos clientes. É claro que às vezes ocorrem imprevistos e torna-se necessário um tempo maior para o atingimento completo dos nossos propósitos.

Hoje existe uma carência muito grande no que tange à qualificação dos colaboradores, porém, desenvolvemos na KSL uma estratégica específica para suprir todas essas necessidades, desde a sua entrada na empresa e durante toda a permanência dos colaboradores.

Em nossa equipe temos o compromisso de desenvolvê-los e criarmos um colaborador cada vez melhor profissionalmente mas também preocupados na formação de cada um deles como pessoas. Todo nosso treinamento é focado nas expectativas e necessidades dos nossos clientes, ou seja, sua formação é pautada em atender bem os clientes dos nossos clientes.

Sempre acreditamos, principalmente no nosso segmento, que investir em pessoas é a melhor coisa que podemos fazer, pois dessa forma conseguiremos atingir patamares cada vez mais altos, e em decorrência o trabalho dos nossos gestores ficam também mais facilitados e assim eles podem dedicar mais tempo na elaboração de estratégias, e tendo uma equipe mais comprometida e dedica os resultados com certeza surgirão muito mais rapidamente.

Fazer com que o colaborador entenda e incorpore esses princípios é uma missão difícil, mas conseguimos torná-la um pouco mais fácil com os métodos aplicados. Tais métodos que foram desenvolvidos com a experiência acumulada, além de contar com a ajuda dos próprios colaboradores e de uma empresa de consultoria externa.

Dessa forma construímos um treinamento onde buscamos o polimento dos nossos colaboradores de uma forma prática e objetiva. Todo esse trabalho torna-se prazeroso quando passamos a colher os frutos dele, como a redução do turn over, melhoria nos resultados individuais e principalmente colaboradores mais comprometidos.

Com minha experiência, posso assegurar, o valor que esses colaboradores trazem para a empresa é infinitamente maior do valor que investimos neles e acredito que essa seja a nossa principal função social: formar pessoas melhores para nossa sociedade. 

  • Edemilson Koji Motoda, formado em direito e administração de empresa, é diretor do Grupo KSL desde 1996 e atua no mercado há mais de 28 anos.

voltar