QUALIDADE – Notícias

24/04/2017

Vidros para sistemas de prateleiras normalizados

Da Redação

A NBR 14564 de 02/2017 – Vidros para sistemas de prateleiras – Requisitos e métodos de ensaio especifica os requisitos de desempenho e o método de ensaio necessários para garantir a segurança da aplicação do vidro na composição de sistemas de prateleiras.

O vidro de segurança temperado deve estar de acordo com a NBR 14698, e o vidro de segurança laminado deve estar de acordo com a NBR 14697. A estrutura da prateleira deve ser projetada de forma que sustente fisicamente a peça de vidro e a carga a ela aplicada, e que atenda aos ensaios previstos em 4.11 sem oferecer riscos de ferimentos aos seus usuários. O(s) apoio(s) para o vidro possui (em) a função física de sustentá-lo e mantê-lo sob condições estáveis. Os apoios devem ser projetados para garantir as condições previstas em 4.2. Os apoios devem ser projetados de forma que o vidro esteja apoiado no mínimo uma vez e meia a sua espessura nominal, sendo que este apoio não pode ser menor que 12 mm.

Após a instalação, caso haja deslocamento da prateleira com relação ao suporte, este deslocamento não pode permitir que o apoio seja inferior ao indicado em 4.3.3. Para prateleiras com apenas dois pontos apoiados, o suporte de apoio deve conter um sistema de travamento do vidro que evite o seu deslocamento. Os tipos de apoio para prateleiras são os seguintes: totalmente apoiada; cantos apoiados; bordas apoiadas; biapoiada; apoios pontuais e suas variações. Os sistemas de prateleiras devem incorporar dispositivos apropriados que garantam a estabilidade vertical e horizontal da peça de vidro, principalmente quando suas bordas não forem encaixilhadas.

Em função da exigência de uso na estrutura do móvel e da necessidade ergonômica, as bordas dos vidros devem ser fisicamente lapidadas ou lixadas. A forma das bordas deve ser tal que não ofereça riscos de ferimentos. Os cantos expostos do vidro, pela exigência de uso na estrutura do móvel e pela necessidade ergonômica, devem ser chanfrados ou arredondados com um raio estabelecido pela metade da espessura do vidro, mas que não pode ser menor que 5 mm. Entende-se por canto exposto aquele que na instalação não esteja embutido na estrutura do móvel, apoios ou paredes. O vidro deve ser separado de outros materiais por intercalários adequados da estrutura que o suporta, quando o material de contato oferecer qualquer possibilidade de dano físico às suas superfícies ou bordas.

A tolerância de contato da prateleira com os elementos que a suportam deve levar em consideração o coeficiente de expansão térmica do vidro e dos componentes ao seu redor, bem como as tolerâncias dimensionais do projeto do sistema da prateleira. As tolerâncias de aceitação para peças prontas são descritas conforme a seguir: peças para encaixe: 1 mm a 3 mm; peças sobrepostas: ± 5 mm. A espessura nominal deve atender à NBR NM 294, para vidro float, à ABNT NBR NM 297, para vidro impresso, e à NBR 14697, para vidro laminado.

A espessura mínima de vidros com sua superfície totalmente apoiada, independentemente da área, para vidros temperados deve ser de 4 mm e para vidros laminados, float ou impresso deve ser de 6 mm. Para vidros não apoiados em toda a sua área, a espessura do vidro utilizado é especificada em função da carga máxima concentrada de segurança (CMCS). Para o ensaio de desempenho, determinar a carga máxima concentrada para a prateleira a ser ensaiada em função de suas dimensões lineares (comprimento, largura ou profundidade, espessura). No caso de o fabricante especificar um valor de carga menor que o máximo permitido, de acordo com o cálculo estabelecido, utilizar o valor especificado pelo fabricante. Este valor deve ser informado no manual ou folheto de informações do produto como carga máxima concentrada permitida.

A carga máxima concentrada de segurança (CMCS) especificada deve ser posicionada sobre a prateleira, em uma área de 75 mm × 75 mm e isoladamente nas seguintes posições: sobre cada apoio; no ponto médio central da distância entre cada apoio; no ponto médio de cada borda, entre apoios. A CMCS deve ser mantida nos pontos determinados por um período mínimo de 10 s. O vidro e os apoios não podem se soltar ou quebrar. Caso a prateleira sirva para outras finalidades, como aparador ou tampo de móveis, esta deve atender aos requisitos descritos na NBR 14488.

Os vidros que compõem a prateleira devem ser manuseados sem permitir a ocorrência de danos em suas superfícies ou bordas. Os vidros devem ser transportados ou armazenados com inclinação de 4° a 6° em relação ao plano vertical. Os vidros, quando transportados ou armazenados, devem ser intercalados por materiais que protejam as suas superfícies e cantos. Os vidros devem ser armazenados em local protegido de poeira e umidade, evitando o surgimento de condensações ou contatos físicos que possam danificar sua superfície. Cada unidade de acondicionamento deve ser acompanhada dos dados necessários para uma perfeita identificação dos vidros, bem como deve conter os símbolos convencionais de manuseio, proteção contra umidade e choques mecânicos. Os fabricantes de móveis devem fornecer um manual ou um folheto com informações relativas ao uso, manutenção e cuidados com o vidro que compõe a prateleira.

As informações sobre o móvel e seu fabricante devem conter: modelo, número do lote e data de fabricação do móvel; nome, endereço e C.N.P.J. do fabricante do móvel; número e ano desta norma; tipo de vidro utilizado e suas dimensões; valor da carga máxima concentrada permitida, afixada em local visível. No caso do móvel ser importado, os dados do agente importador e do distribuidor devem ser fornecidos.

As informações sobre o uso, manutenção e cuidados com o vidro devem ser conforme a seguir: o vidro, quando lascado ou quebrado, deve ser substituído por outro conforme especificado; o choque de objetos duros e pontiagudos com o vidro pode danificá-lo; o contato direto de objetos quentes ou frios com a superfície do vidro deve ser evitado sob risco de quebra deste; a limpeza do vidro deve ser feita somente utilizando-se um pano umedecido com água e sabão ou detergente neutro, ou um produto comercial apropriado para limpeza do vidro; não sentar-se, apoiar-se ou ficar em pé sobre o vidro.

voltar