Artigos

11/08/2017 10:52

Tudo sobre a nova ISO 45001

 

Por Delvison Cavalcante Pedroza

No

No Mundo, milhares de pessoas morrem por dia devido a acidentes ou doenças relacionadas ao trabalho. Estamos falando de mais de 2,3 milhões de pessoas ao ano. O volume de lesões e doenças profissionais é significativo, tanto para as organizações quanto para o governo, resultando em perdas significativas para a previdência social e prejuízos para seguradoras.

Para resolver este problema, a ISO resolveu implementar o padrão ISO 45001 sistemas de gestão de saúde e segurança ocupacional - Requisitos, que ajudará as organizações a reduzir este problema, fornecendo um quadro para melhorar a segurança dos colaboradores, reduzindo os riscos no local de trabalho e criando melhores condições de trabalho, mais seguros, como padrão mundial. Mais de 70 países estão envolvidos na criação deste importante documento.

O padrão está sendo desenvolvido por uma comissão de especialistas em saúde e segurança no trabalho (Comitê de Projetos ISO/PC 283,Sistemas de gestão de segurança e saúde ocupacional.), e poderá ser integrada a outros modelos tais como a ISO 14001 e ISO 9001. Esta norma também levará em consideração outras normas internacionais que tratam do mesmo assunto, como exemplo: OHSAS 18001ILO-OSH, OIT e outras convenções.

A implementação de um sistema de gestão de saúde e segurança ocupacional ajuda as organizações a reduzirem os acidentes e problemas relacionados a saúde de seus colaboradores, evitando processos caros, reduzindo valores de seguros, bem como criando uma cultura de positividade nas empresas.

A ISO 45001 é baseada nos elementos comuns encontrados em todas as normas de sistemas de gestão da ISO, garantindo um elevado nível de compatibilidade com as novas versões da ISO 9001 e ISO 14001,adotando o mesmo modelo simples do Plan-Do-Check-Act (PDCA).

1.           A quem se destina?

A ISO 45001 é aplicável a qualquer organização, independentemente de eu porte ou natureza do trabalho, e podem ser integrados em outros programas de saúde e de segurança Organizacional ou a legislação aplicável.

2.           Quando estará disponível para uso?

A ISO 45001 já avançou para o estágio DIS, isso quer dizer que, organismos nacionais membros da ISO foram já convidados a tecerem comentários sobre esta norma durante os próximos meses.

Se o resultado for positivo, o documento modificado pode então ser distribuído aos membros da ISO como Draft Final e já poderá ser publicada no Brasil no final de 2017

Se você quiser saber mais sobre esta norma ou como já ir se preparando para implementá-la, entre em contato com a equipe técnica da Verde Ghaia : www.verdeghaia.com.br 

3.           Quais os Objetivos de se implementar um sistema de gestão de S&SO

1.           Prevenção de mortes, acidentes de trabalho e problemas de saúde;

2.           Melhorar e proporcionar um ambiente de trabalho seguro e saudável para os 

          trabalhadores e para terceiros sob controle da organização;

3.           Eliminar ou minimizar riscos para a S&SO, tomando medidas preventivas eficazes.

4.           Melhorar o desempenho em S&SO, tornando-o mais eficaz e eficiente;

5.           Identificar potenciais oportunidades de melhoria de desempenho da S&SO.

4.           Um sistema de gestão de S&SO pode permitir a uma organização que melhore seu desempenho em S&SO das seguintes formas:

a.           Desenvolvendo e implementando uma política de S&SO e objetivos da S&SO;

b.           Assegurando que o corpo gerencial demonstre liderança e comprometimento no que

          diz respeito ao sistema de gestão de S&SO;

c.            Estabelecendo processos sistemáticos que considerem seu contexto (vide A.4.1) e que

           levem em conta seus riscos e oportunidades;

d.           Determinando os perigos e riscos de S&SO associados às suas respectivas atividades;

          buscando eliminá-los, ou criando controles para minimizar seus efeitos em potencial;

e.           Estabelecendo os controles operacionais a fim de eliminar ou minimizar seus riscos

          para a S&SO;

f.            Aumentando a consciência dos perigos, riscos e controles operacionais associados à

          S&SO através da informação, comunicação e treinamento;

g.           Avaliando seu desempenho na S&SO e buscando melhorá-lo;

h.           Estabelecendo e desenvolvendo as capacitações necessárias;

i.             Desenvolvendo e apoiando uma cultura de segurança e saúde ocupacional na

          organização;

j.             Garantindo que seus trabalhadores e, quando existirem, os representantes destes

          trabalhadores, sejam informados, consultados e convidados a participar.

5.           Os Fatores de sucesso na implementação da gestão de S&SO

O sucesso do sistema de gestão da S&SO depende de liderança, comprometimento e participação de todos os níveis e cargos da organização. A implementação e sustentabilidade de um sistema de gestão de S&SO, sua eficácia e sua capacidade de atingir seus objetivos são dependentes de uma série de fatores-chave, os quais podem incluir:

a.           Comprometimento e liderança do corpo gerencial;

b.           Iniciativa do corpo gerencial para desenvolver, liderar e promover uma cultura na

          organização que apoie o sistema de gestão da S&SO;

c.            Participação dos trabalhadores e, quando existirem, dos representantes destes

           trabalhadores;

d.           Processos para comunicação e consulta;

e.           Alocação dos recursos necessários para sua sustentabilidade;

f.            Políticas de S&SO claras e compatíveis com os objetivos estratégicos globais e

          orientação da organização;

g.           Integração do sistema de gestão da S&SO nos processos corporativos da organização;

h.           Avaliação e monitoramento continuado do sistema de gestão da S&SO a fim de

          melhorar o desempenho da S&SO;

i.             Objetivos da S&SO que se alinhem às políticas de S&SO e reflitam os perigos e riscos

           para a S&SO da organização;

j.             Consciência de seus requisitos legais aplicáveis ​​e outros requisitos;

k.           Processos eficazes para a identificação de perigos para a S&SO, controle dos riscos

           para a S&SO e aproveitamento das oportunidades para a S&SO.

 

6.           O Ciclo PDCA (Plan-Do-Check-Act / Planejar-Fazer-Verificar-Agir) na ISO 45001

A base da abordagem do sistema de gestão de S&SO aplicada baseia-se no conceito PDCA (Plan-Do-Check-Act/Planejar-Fazer-Verificar-Agir), que requer liderança, comprometimento e participação dos trabalhadores e, quando for o caso, dos representantes destes trabalhadores, a partir de todos os níveis e cargos da organização.

·             Planejar: estabelecer objetivos, programas e processos necessários para fornecer

          resultados de acordo com a política de S&SO da organização.

·             Fazer: implementar o processo conforme planejado

·             Verificar: monitorar e mensurar as atividades e processos no que diz respeito à política

          e objetivos da S&SO e informar os resultados;

·             Agir: tomar ações para melhorar continuadamente o desempenho da S&SO a fim de

          alcançar os resultados pretendidos;

 

7.       Entendendo o ESCOPO na ISO 45001

A presente Norma é aplicável a qualquer organização independente do tamanho ou atividade e que deseje melhorar a segurança e saúde ocupacional no trabalho, eliminar ou minimizar os riscos para a S&SO;

Esta Norma não trata de questões de segurança de produtos, danos à propriedade ou impactos ambientais, além dos riscos que estes proporcionam aos trabalhadores e outras partes interessadas relevantes.

 

 

 

  • Delvison Cavalcante Pedroza - Presidente do Grupo Verde Ghaia

 

 

voltar