QUALIDADE – Artigos

23/10/2018

Como uma empresa inova para se tornar competitiva através da mobilidade?

Por Sandra Vaz

A percepção nas empresas de que é preciso inovar para se manter competitivo tem crescido ano após ano. Mas, para você, o que é inovação? É pensar em ações que não estejam no processo tradicional e que tragam resultados diferentes dos atuais?

Isso mesmo, é colocar em prática novas metodologias e desprender-se de processos antigos e já consolidados, agregando valor a gestão de muitos negócios, principalmente, no que se refere a vendas.

A tecnologia é um fator determinante quando falamos de inovação nos processos de vendas. Prova disso são os inúmeros exemplos de como as empresas têm adotado aplicativos, inteligência artificial, Big Data e Cloud Computing para otimizar os seus resultados. E isso é um diferencial competitivo para o no negócio.

Um recente levantamento divulgado pela Associação Brasileira das Empresas de Software (ABES) aponta que em 2018 o mercado de TI deverá ter um crescimento de 4,1% em 2018, baseando em 4 pilares: Cloud Computing, Big Data/Analytics, Social Business e Mobilidade.

E tamanha expectativa de crescimento não é à toa, já que os aplicativos móveis fazem toda a diferença quando se trata do gerenciamento das equipes de vendas em campo. Essas soluções tornam possível a realização do planejamento e viabilização da execução de atividades com inteligência, rastreabilidade do produto, localização dos vendedores em tempo real, geração de campanhas online, agilidade da logística, melhor gestão de estoque, monitoramento preventivo e corretivo das equipes, entre outros tantos benefícios.

Para ficar mais ilustrado, vou trazer um exemplo: imagine só uma rede de distribuição de snacks e bebidas para uma série de mercados e lanchonetes. Com o uso de uma solução móvel pelas equipes de vendas, é possível fazer os pedidos através do app, ter o histórico das negociações anteriores, sugerir o mix perfeito de produtos, acessar o crédito e pendências do cliente, visualizar o estoque, conferir as prateleiras, monitorar os concorrentes, preços e outras ações em minutos. Ou seja, é um facilitador do fluxo de trabalho diário.

Além disso, a geração de dados (Big Data) pelos apps de automação da força de vendas pode contribuir para a identificação de possíveis gaps nos processos, bem como oportunidades de novos negócios. Com o tempo, sua empresa passa a dispor de estratégias de venda muito mais assertivas e eficazes, já que conta com o histórico de comportamento do seu cliente, como os pedidos e descontos anteriores.

Muitas soluções para as equipes de vendas pararam no tempo e processos disruptivos e inovadores multiplicam o resultado dessas equipes. Por isso, minha principal dica é: não tenha medo do novo! Faça uma busca e veja quais soluções atendem melhor as necessidades do seu negócio. Atualize-se e inove, você verá a diferença nos seus resultados e na produtividade de sua equipe de vendas.

Sandra Vaz é Chief of Sales & Marketing da MC1 – multinacional brasileira com foco em processos e inteligência de negócios utilizando a mobilidade como plataforma tecnológica

 

voltar